Aterrisando em Bali

A chegada em Bali é um misto de curiosidade, expectativa, calor, atenção, tensão e muita paciência.

Do saguão do aeroporto até o estacionamento são várias as abordagens perguntando se tu precisas de transporte. Quanto mais tu caminha, mais barato fica o valor do taksi, mas nenhum quer ligar o taxímetro.

Logo que saí do aeroporto o trânsito já demonstrava o seu estilo. Muita moto, buzina e pouco respeito por parte dos motoristas. As ruas são apertadas e bem movimentadas.

Meu primeiro destino foi Kuta, mas apenas para jantar, já que cheguei tarde e lá seria fácil encontrar restaurantes abertos. Bom, é lá que a confusão impera. Música alta dos bares para a rua, com o som de vários deles se misturando, pessoas caminhando de um lado pro outro, meninas convidando pra entrar nas festas…

De boa impressão ficou o restaurante escolhido, comida boa, ambiente legal e bem barato – como em todos os outros que fui. Kuta apesar de ser o destino principal daqueles que querem apenas fazer festa, também parece ter boas opções para uma jantinha mais tranquila (ainda assim com música alta), pelo menos eu me dei bem na escolha.

Claro que eu tava cansada e a parada lá não passou da janta. Bora pra Padang-padang se instalar!

Anúncios

Sobre mairinhanomundodalua
Por aí, no mundo da lua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: