Jeribucaçu

Em Itacaré a paisagem se repete: mar azul esverdeado em geral com ondas, coqueiros, grama, pedras, rio… mas cada praia tem seu charme. E quase sempre uma trilha a ser feita!

Para chegar a Jeribucaçu são mais ou menos 30 minutos de caminhada, grande parte descendo, que, claro, na volta vira subida! Chegando na praia, nada melhor do que se atirar na sombra de um coqueiro. Com cuidado para não ficar embaixo dos côcos… vai que cai!

Melhor lugar para um descanso

No verão tem algumas barracas que vendem peixe e tapioca e também alugam cadeiras e guarda-sol, mas fora de temporada mal tem um vendedor de côco no lugar.

Já o mar é melhor para os  surfistas no inverno, que tem ondas maiores, mas mesmo no verão é quase sempre do mesmo jeito: meia dúzia de pessoas na água.

A areia é preta na maior parte

No verão as ondas são pequenas

Um ponto positivo de Itacaré é que sempre tem uma praia quase deserta pra ti. Se chegar o tour da CVC é só caminhar até a praia ao lado. Isso vale para o verão também e claro que fiz isso.

Jeribucaçu ficando para trás

Vai aonde meu?

Quase todo o caminho é assim

Próximo a Jeribucaçu são várias pequenas praias. A trilha é bem fácil e com bastante árvore para proteger do sol. A única que lembro o nome é Arruda, essa quase sem ondas e bem boa para se atirar ao sol.

A última que fui não lembro o nome e nem tenho fotos legais, mas fica em frente a uma fazenda, não tem faixa de areia e só tinha um casal de surfitas quando fui.

Arruda

No caminho

Não tem lugar ou foto feia :-p