Desorganizando a bagunça

Já que nunca vou conseguir organizar…

O ano começou e tou colocando bem menos coisa que eu gostaria aqui no blog. Pra dar um gás, vou escrever mais uma vez sobre aquilo que der na telha. Sobre 2007, 2009, 2008, Brasil, China, França…

Se, por acaso, alguém, quem sabe, tenha alguma sugestão ou pergunta, pode mandar!

Pouca gente deixa algo nos comentários, mas vejo que o povo chega aqui de todos lugares do mundo, às vezes tendo pesquisado por algo que não escrevi direitinho, mas que posso ajudar.

E sobre meus planos pro ano? Mais um repeteco de praias no verão, um pulinho em Buenos Aireis, a primeira vez nos States e, se tudo der certo, ver a neve caindo em floquinhos cobrindo muitos telhados de branco, mas isso só no fim do ano.

“As boas” de hoje é que tou indo pra praia onde sempre passo ótimos momentos em SC, Guarda do Embaú, e que emiti minha passagem pra Califórnia. Beeem bom, né?!

beijos e bom finde!

Opera House

Chegando, de novo

Com outro foco na chegada a Sydney pelo ferry, mostro agora o símbolo e cartão-postal da cidade: o Opera House. O teatro fica na beira do mar na baía de Sydney e tem um formato inconfundível, super moderno. Quase não dá pra acreditar que foi projetado na década de 50.

Os diversos picos que imitam velas de barcos reluzem à distância. Pena que não dá pra sentir todo esse efeito por causa das nuvens carregadas, que teimaram em atrapalhar minhas fotos.

O lugar é palco para os mais diversos espetáculos e é possível conhecê-lo por dentro indo a um deles ou num dos diversos tours existentes.

Mairinha aqui foi só do lado de fora, que também tem seus atrativos. Além da vista pra baía e Harbour Bridge e do prédio em si, o lugar está rodeado de bares bem charmosos.

Opera House

Seria a frente?

Ops, passamos!

Mais de pertinho

Bem de perto dá pra ver o detalhe da cobertura do prédio. O que de longe parece branco liso, de perto dá a impressão de que são escamas. E grudadinho nas “velas” a gente vê as milhares de placas de cerâmica que criam essa forma tão incrível.

Debaixo