No meio dos gigantes

Ainda no segundo dia no Yosemite Park visitamos a área das sequóias que fica dentro do próprio parque.

Difícil tirar uma foto dela inteira

Dizem que essas árvores são os maiores seres vivos do planeta e para vê-las é preciso caminhar um pouquinho. Pra mim isso não é um problema, já que adoro um passeio leve no meio do mato.

Até deitada ela é maior do que eu (bem maior)

A gente quase fica com dor no pescoço de tanto olhar pra cima. Tá, é exagero heheheh, mas elas são enormes mesmo.

Não basta ser grande, tem que ser enorme

As árvores centenárias aparecem em diversos tamanhos e muitas estão tombadas… sabe-se lá quantos séculos ficaram de pé até chegar a este tamanho.

Tem uma história interessante das sequóias com o fogo. Numa certa época as pessoas tentaram combater os incêndios que ocorriam na área das árvores e com isso houve um declínio no número de árvores novas. Isso porque o fogo tem relação direta com a reprodução delas, coisa que ninguém sabia.

Então não se assuste de ver elas queimadas

Só que eu não quero estar por perto quando elas caírem

A grande estrela vem a seguir – grande mesmo!

Chamada de Grizzly Giant (o urso pardo das florestas americanas) é o ponto mais famoso desta parte do parque.

A altura dela equivale a mais de 20 andares de um prédio

Dá pra perceber que ela é enooooorme?

Eu até que consegui ver o topo :-p

Depois disso foi hora de dar tchau pra natureza e se mandar pra New York City!

Anúncios

Sobre mairinhanomundodalua
Por aí, no mundo da lua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: