Comer, comer

Já vi que vou começar pelas coisas que mais gosto mesmo… depois de andar ao ar livre com paisagens como a do post anterior, nada melhor do que comer!

Na chegada, ainda no táxi, já vi na esquina do ap onde me hospedei uma cafeteria que tinha tudo pra ser deliciosa (pena que eu só fui lembrar dela no último dia).

Chegamos em NY num domingo à noite e escolhemos caminhar pelo bairro em busca de um restaurante simpático. A região conhecida como East Village tem centenas de restaurantes e deu super certo nossa escolha.

Gente, isso está longe de ser um guia ou recomendações imperdíveis, é só um pouco dos lugares onde fui.

Andamos um pouco e no meio de tantos indianos (acho que são a maioria por ali), escolhemos um italiano chamado Three of Cups. Bem bom e nada caro!! Ainda fui num outro restaurante perto do ap onde a comida era ótima, mas não lembro do nome nem da localização, só sei que fui a pé também.

Depois disso não tenho grandes lembranças além de um hambúrguer que conto mais além. Descobri que o Soho definitivamente não é lugar para comer (apesar dos Destemperados terem mostrado depois que tem coisa por ali), que hambúrguer é bom em qualquer lugar, que o hot dog deles é bem sem graça, mas pra snack tá bom, e que eu devia ter insistido mais pra ir em alguns lugares recomendados, porque acabei indo só no tal do hambúrguer.

O tal do hambúrguer vale muito por ele e pelo milkshake de chocolate, mas também pelo lugar. Chama-se Burger Joint e fica dentro do hotel Le Parker Meridien. Eu demorei um pouco a encontrar, até me dar conta de uma fila no saguão do hotel e ver um luminoso lá no fundo.

A única indicação do lugar

O esquema é no mínimo inusitado, praticamente um trailer dentro de um hotel de luxo, com senhorinhas super arrumadas inclusive.

Taí a lanchonete

Curti a decoração

O menu tem pouquíssimas opções, sendo que o lugar tem o seguinte lema “if you don’t see it, we don’t have it!” então a escolha foi hambúrguer e milkshake. A propósito, comi vários hambúrgueres acompanhados de milkshake de chocolate durante a viagem. Que combinação bem boa, né?!

Na saída, bem mongolona tomando milkshake no saguão

Ah, e a cafeteria que falei no incío?! Pois é, fui só no último dia… e quer saber? Comi um cheesecake dos deuses! O simpático The Bean é pet friendly, o que quer dizer que seu bichinho de estimação é bem-vindo por ali. Tinha vários cachorros enormes atirados embaixo das mesas e no balcão tem biscoitinho free pra eles. Se tivesse ido antes, certamente teria tomado café da manhã por ali algum dia (nada a ver com cachorro e biscoitinho, viu?). Aparentemente o lugar mudou de endereço – no site a localização tá bem diferente, mas era esse mesmo.

Já que eu falei dos lugares perto do meu ap, taí ele: Sanctuary Guest Suites, dica que peguei dos Inquietos. Acho que a estadia deles foi melhor do que a minha, mas não posso reclamar. Adorei localização e o café da manhã ajudava bastante, mas o barulho logo cedo tirou um pouco do meu humor. Por sinal, acho que a reforma ficou pronta! :-p

Ah, fica a dica de trocar uns e-mails antes e se informar melhor sobre cada suíte (ou apartamento). A gerente é brasileira, então acho que rola pedir pra escrever em português. Sem dúvida a coisa mais importante é a escolha do andar, já que não tem elevador e pra quem vai caminhar o dia todo, subir mais escadas do que o necessário não costuma ser agradável.

Nessa onda de escrever sobre o que mais gosto, o próximo post seria sobre compras, né?!

Anúncios

Sobre mairinhanomundodalua
Por aí, no mundo da lua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: