Pôr do sol no Guaíba

Cartão postal de Porto Alegre, o pôr do sol fica ainda mais bonito de dentro do rio*. Entre as ilhas da cidade a gente até esquece que está na capital do estado.

O dia das fotos foi aquele em que a lua estava mais próxima da Terra num período de sei lá quantos anos. As fotos jamais vão poder representar toda a magia do momento: o sol se pondo de um lado e a lua nascendo do outro. De qualquer jeito, deixo aqui o meu registro 😉

* não adianta, nunca vou chamar de lago!

Anúncios

Alguém sabe qual o mais bonito?

O pôr do sol me fascina e até uma tag para isto eu tenho aqui no blog. É um momento especial do dia, que faz com que muitas vezes a gente fique ali paradinho só observando sem se preocupar com mais nada. Praticamente um momento de hipnose.

Claro que não é só o sol a “estrela da festa”. O céu que muda de cor, o lugar onde tu está ou onde ele vai se esconder também são pontos fundamentais.

Sempre tive muita vontade de ver o sol se pondo no mar e sempre vinha o Pacífico na minha cabeça. A primeira vez sabe onde foi? Ilha de Páscoa! Achei aquele o mais lindo do mundo!

Gosto desta foto por mostrar 3 altares bem pertinho

O tempo passa, a gente viaja um pouco mais e se depara com outros que passam a ser os mais bonitos… sim, eu já senti isso várias vezes. Claro que o estado de espírito e as companhias fazem diferença. Este ano tive quase uma overdose de pôr do sol na viagem a Bali, mas em nenhum momento deixei de curtir cada momento.

Acho que qualquer pessoa que goste de tirar fotos tem um milhão delas de pôr do sol em diversos lugares. Brincando com algumas fotos essa semana, não podia deixar de lado uma de pôr do sol… a escolhida foi essa aí embaixo, em Gili.

Dá pra ver na minha cara a felicidade, né?

Moro numa cidade quem tem o pôr do sol como cartão postal. Porto Alegre adora exaltar a beleza do seu pôr do sol no Guaíba que conforme a época do ano deixa o céu com cores bem diferentes. Olhando as fotos abaixo tem como negar que realmente ele é um show? (essas fotos não foram editadas)

Tá pegando fogo

Na terra dos gremistas e colorados, o céu mistura azul e vermelho

Agora clica aqui e vai ver os outros que já assisti (espetáculo a gente assiste, não?).

Viajando pela minha cidade

Se eu não gostasse da cidade onde eu moro seria very unhappy. Mas Porto Alegre é uma cidade legal e, além das coisas boas de sempre, é possível fazer algo novo e diferente sempre que der na telha.

Neste final de semana não foi diferente: novidades e mais do mesmo!

Itapuã

Coladinho em Porto Alegre tem um lugar excelente pra um picnic no final de semana: O parque de Itapuã. São praias do rio Guaíba ainda limpas e com muita vegetação preservada.

É possível fazer caminhadas, trilhas guiadas, churrasco, estender a rede em baixo das árvores… tudo muito bem preparado para receber os visitantes. Para chegar até lá, do centro de Porto Alegre, leva-se um pouco mais de uma hora, pega-se um trecho da estrada ainda de chão batido, mas que não apresenta dificuldade.

Charmoso esse trapiche

Charmoso esse trapiche

O farol de Itapuã

O farol de Itapuã

É importante saber que o vento lá é um pouco mais intenso do que na cidade 😉

Mais informações aqui.

Friozinho chegando

araucaria

Dia lindo e frio

Além de eu achar que é uma das árvores mais bonitas, pelo menos entre as que eu conheço, a Araucária tem como semente o pinhão, que eu adoro. Ela é típica de regiões frias, como a serra do RS.

Com o friozinho chegando dá uma vontade de comer pinhão bem quentinho.

Ano passado na volta de Cambará parei para fotografar as árvores diversas vezes no caminho. Parei também em São Francisco, adivinha para quê? Comprar pinhão muito bom e muito quente. O dia tava ensolarado e gelaaaado!

Que venha o frio, que eu curta um pouquinho, depois vá pra Bali e quando voltar querer mais frio!

A serra gaúcha

Impressionante como um bom marketing é eficiente.

A serra do RS é cheia de lugares bonitos, diferentes, frios. Em cada cidadezinha algo peculiar, um hotel fazenda aconchegante, uma comida típica, cachoeiras, campos, etc.

Mas quando se fala em SERRA GAÚCHA o que vem a mente da maioria das pessoas? Gramado e Canela. Qual a diferença? O investimento que é feito para atrair os turistas. Além da beleza natural típica da região, elas estão cheias de  ótimos restaurantes e lojas de roupas, vinhos e produtos colonias de boa qualidade. A cada ano surgem novos hotéis e pousadas, cada um com uma característica a ser ressaltada.

Nessa época os visitantes lotam as duas cidades vindos de todo o Brasil. De uns tempos pra cá percebo pelos anúncios que o roteiro inclui uma passada no Vale dos Vinhedos e nos cânions em Cambará. Mesmo assim ainda acho uma pena que seja tão grande a diferença.

Templo Budista

O Rio Grande do Sul não tem praias muito bonitas então acredito que foi agraciado com diversos outros tipos de beleza. Adoro viajar pra longe, horas no carro, no avião, no ônibus… Mas como é bom entrar no carro e em uma hora ou um pouco mais estar num lugar diferente e muito legal, né?!

O Templo Budista em Três Coroas é assim.

Fica em cima de um morro com muito verde, quase isolado. Gosto de ir lá com chimarrão e tudo o mais. Caminho um pouco, relaxo, bato um papo. O fato de estar lá já ajuda qualquer pessoa a ficar tranquila, não é necessário ser praticante ou conhecer o budismo.

A seguir publico uma foto do templo principal, onde são realizadas as práticas de meditação. Desde janeiro ficou pronto e foi aberto ao público um novo templo, que ainda não conheço. Boa razão para dar mais um pulinho lá.

O templo principal

O templo principal

Mais informações no site do local.