No meio dos gigantes

Ainda no segundo dia no Yosemite Park visitamos a área das sequóias que fica dentro do próprio parque.

Difícil tirar uma foto dela inteira

Dizem que essas árvores são os maiores seres vivos do planeta e para vê-las é preciso caminhar um pouquinho. Pra mim isso não é um problema, já que adoro um passeio leve no meio do mato.

Até deitada ela é maior do que eu (bem maior)

A gente quase fica com dor no pescoço de tanto olhar pra cima. Tá, é exagero heheheh, mas elas são enormes mesmo.

Não basta ser grande, tem que ser enorme

As árvores centenárias aparecem em diversos tamanhos e muitas estão tombadas… sabe-se lá quantos séculos ficaram de pé até chegar a este tamanho.

Tem uma história interessante das sequóias com o fogo. Numa certa época as pessoas tentaram combater os incêndios que ocorriam na área das árvores e com isso houve um declínio no número de árvores novas. Isso porque o fogo tem relação direta com a reprodução delas, coisa que ninguém sabia.

Então não se assuste de ver elas queimadas

Só que eu não quero estar por perto quando elas caírem

A grande estrela vem a seguir – grande mesmo!

Chamada de Grizzly Giant (o urso pardo das florestas americanas) é o ponto mais famoso desta parte do parque.

A altura dela equivale a mais de 20 andares de um prédio

Dá pra perceber que ela é enooooorme?

Eu até que consegui ver o topo :-p

Depois disso foi hora de dar tchau pra natureza e se mandar pra New York City!

Anúncios

Mais um dia em Yosemite…

… mais um monte de “uau”.

Outro dia, outra entrada, outra vista do vale.

ou seria outro vale?

Ops, acho que lá no fundinho, perto das montanhas com neve, está o nosso famoso Half Dome, mas não tenho certeza :-p

No segundo dia achei tudo ainda mais bonito. Vontade de ficar e poder fazer as trilhas,  subir no topo das pedras, deitar na grama e fazer picnic. Quem sabe até encontrar um amigo urso???

O dia amanheceu como o anterior e as cachoeiras continuavam a se mostrar por todos os lados. Cada uma tem um nome, mas nesse momento quem se importa com isso? Olhar era o que mais interessava. Dá pra imaginar a altura desta cachoeira das fotos e a quantidade de água que está passando por ali?

Eu não faço ideia, mas posso dizer que é muito!! A primavera é a época do degelo, então fui quando elas estavam com a potência máxima.

Close na cachoeirinha 😉

Queria que alguém tivesse me dito pra ficar mais dias lá e ter planejado isso com antecedência, mas tinha que ser alguém que me convencesse disso, porque é claro que eu li em algum lugar pra ficar vários dias lá e não dei bola.

Como eu não planejei o dia que chegaria lá, precisei procurar hotel na hora e acabei me hospedando num dos hotéis ao redor do parque, que não são ruins, mas dá uma olhada num dos hotéis dentro do parque:

Claro que deu vontade de ficar aqui

São construções bem antigas e cheias de charme e que precisam ser reservadas com meses de antecedência. Acredito que quem fica por ali tem bem mais chance de encontrar o amigo urso perambulando no meio da noite (não que eu ache isso seguro).

Chegando no Yosemite Park

Este foi sem dúvida o lugar mais bonito que conheci na Califórnia e mesmo tendo visto várias fotos, percebi que não tinha ideia de como seria o parque.

Só estando lá pra ter noção do tamanho, da maravilhosa mistura de verde, azul e marrom e se surpreender cada vez que se muda a direção do olhar e mais uma cachoeira aparece. Não sei quantas são, mas sei que são enormes e de perto o barulho toma conta.

Nem todo o parque estava aberto, já que ainda tinha muito lugar fechado pela neve. No primeiro dia chegamos por uma das entradas do norte e descemos para o vale. Até a base são vários pontos de parada que valem a pena.

Se preparem pra muitas fotos

O primeiro "uau"

No vale não seria diferente. Pedras enormes por todos os lados e a natureza se fazendo presente nas suas melhores versoes. Tem algum probelma se eu for repetitiva?

O céu estava um fenômeno de tão azul e a grama no seu verde mais brilhante. Viva a primavera!

Pra completar o contraste, o cinza e branco das quedas d’água nas rochas em intensidade pra ninguém botar defeito.

Vontade de se atirar nessa graminha

O que achou?

Juro que não é a mesma da foto anterior

O ponto mais famoso é conhecido como Half Dome que é esta “pedrinha” mais branca no lado direito da foto. Não tem como tentar explicar o tamanho e altura desses paredoes.

Zúper descontraída!

Half Dome de outro ângulo

O fim de tarde por ali rola bem cedo, já que o sol logo se esconde. No último minuto ainda saiu uma fotinho de mais uma cachoeira, mas essa um pouco diferente, em escadinha.  Fica num canto mais abrigado, entre as árvores e só vi quando estava saindo do parque.

Escadinha no fim de tarde

Olhadinha rápida de alguns lugares que passei

Nunca é fácil voltar de férias. NUNCA! E eu que achei que ia atualizar o blog durante a viagem, só conseguir entrar aqui 10 dias depois de ter chegado em casa.

Pra matar a minha vontade de postar, aqui vão minhas fotos panorâmicas preferidas de vários lugares que passei.

Disneyland

Hoover Dam

Grand Canyon

Highway One

17 Mile Drive

San Francisco

Lake Tahoe

Yosemite Park

New York

Ficou com gostinho de quero mais? Eu fiquei. Quero minhas férias de novo!!!

Pra quem quiser ver maior, é só clicar nas imagens abaixo.