Caminhando no Grand Canyon

Sabe aquela paisagem que te faz perder a noção do tempo, que tu olha e não enjoa nunca?

Grand Canyon

Acho que já falei um pouco disso no post anterior, mas mesmo sendo repetitiva, não vou deixar de dizer o quanto o Grand Canyon me impressionou. É claro que eu sabia que era bonito, mas além disso achei meio mágisco, misterioso.

Cada vez vejo um detalhe diferente

As fendas são enormes!

Sentar nas rochas e olhar a paisagem já vale viagem, mas a gente também deve caminhar bastante pra aproveitar ao máximo o que o parque oferece. Existem diversas trilhas para descer as rochas imensas e a dica dada pela administração do parque é que para cada hora de descida se calcule duas para a subida, além de nunca tentar descer até a base dos cânions num único dia nem fazer caminhadas à noite.

Grand Canyon

Uma coisa que me deixou bem impressionada é como a gente chega facilmente nas bordinhas – e como as estradas passam perto do perigo também. Não tem cerca limitando passagem em nenhum lugar, fica tudo sob tua responsabilidade. Claro que existem alertas sobre os riscos, mas ninguém te impede de botar o pé em lugar algum.

A trilha que fiz é bem tranquila, embora com bastante cascalho solto, o que a deixa escorregadia. No início a descida é feita por uma estradinha cheia de curvas bem fácil mesmo, mas depois disso começa a ficar mais roots. Com a quantidade de vezes que paramos pra tirar fotos e olhar a paisagem de diferentes ângulos, a subida teve quase o mesmo tempo que a descida, mas precisei parar e me sentar à sombra pra tomar água e recuperar o fôlego – ah, a falta de preparo físico, né?!

Meu tênis não era muito apropriado pra descer no cascalho

Aqui dá pra tentar entender o caminho

Anúncios

Um pôr do sol inesquecível

É muito bom que a gente seja flexível. Já contei aqui meu encanto com pôr do sol (acho que essa é minha tag preferida no blog) e eu sempre pensei que meu “tipo” preferido era no mar. Já vi de dentro de um barco em Koh Phi Phi, com o vulcão de Bali ao fundo, junto dos moais na Ilha de Páscoa e achava que nunca ia encontrar outro que me fascinasse mais. Até me deparar com um forte concorrente:

Grand Canyon

A foto tá péssima, eu sei (acabou a bateria da máquina nesse instante), mas foi nesse momento que eu cheguei a uma das bordas do Grand Canyon e me apaixonei. O lugar é incrível, tem uma energia muito boa e a paisagem é de tirar o fôlego.

Eu não acredito que foi por falta de expectativa que eu me surpreendi tanto. Pelo contrário, eu estava muito empolgada, curiosa e ansiosa até. Mas ao chegar na borda sul dos cânions, foi superada qualquer ideia que eu tinha na minha cabeça.

O Grand Canyon é muito mais impressionante, maior e mais bonito do que qualquer foto possa mostrar. A luz do sol no fim da tarde deixa tudo com cor e brilho ainda mais especial.

Se não fosse pelo frio e meu despreparo, dava pra ficar sentada nas pedras até poder ver as estrelas, tenho certeza que é um banho de energia e uma experiência inesquecível. Olha… tenho um motivo pra voltar 😉

A gente fica na bordinha mesmo

É pra se desligar dos pensamentos, não?!

Olhadinha rápida de alguns lugares que passei

Nunca é fácil voltar de férias. NUNCA! E eu que achei que ia atualizar o blog durante a viagem, só conseguir entrar aqui 10 dias depois de ter chegado em casa.

Pra matar a minha vontade de postar, aqui vão minhas fotos panorâmicas preferidas de vários lugares que passei.

Disneyland

Hoover Dam

Grand Canyon

Highway One

17 Mile Drive

San Francisco

Lake Tahoe

Yosemite Park

New York

Ficou com gostinho de quero mais? Eu fiquei. Quero minhas férias de novo!!!

Pra quem quiser ver maior, é só clicar nas imagens abaixo.

Viajando…

Já compartilhei por aqui as expectativas e preparativos para algumas viagens que fiz. Este início de ano foi tão corrido e com tantas viagens que mal consegui contar sobre elas aqui. Não escrevi nada sobre Búzios e só coloquei algumas fotos do Uruguai. Imagina então contar como foi toda a prepação pra viagem que começa daqui algumas horas?!?!

Estou indo pela primeira vez para os EUA. Serão 17 dias de carro pela Califórnia, com uma esticadinha até Las Vegas e Grand Canyon, e no fim 6 dias caminhando muito em NY.

Preciso dizer que estou muito ansiosa?

Se tudo der certo compartilharei umas fotos da viagem por aqui enquanto estiver nos EUA ainda.