Temple of Heaven

Eu nem sabia que o Templo do Céu existia. Nunca tinha visto sequer uma foto do lugar. Ainda bem que, em mais uma manhã fria em Pequim, eu e minha irmã acordamos cedo e fomos passear. Pra mim Pequim é uma cidade ensolarada e com céu muito azul. Pelo menos foi o que mais vi nos vários dias que fiquei lá.

Céu azul no Templo do Céu!

Nessas condições o Templo do Céu chama ainda mais atenção. A grande construção de cores vivas e muitos detalhes merece ser observada por muito tempo. Por sinal, o povo passa muito tempo lá em volta, porque não há apenas o templo para ser visitado. Funciona mais ou menos como um parque onde diversas pessoas vão lá praticar atividades como jogar “peteca” ou escrever no chão com pincéis molhados em água, algo bonito e diferente, que deve ser para treinar a escrita, mas que eu não registrei – muito menos tentei perguntar a alguém o motivo de estarem fazendo aquilo.

Mais de perto

Por dentro

O templo foi feito para a realização de cerimônias e rituais para os deuses. Uma pena eu não ter anotado o que li lá, junto do templo há um museu com a história desde sua construção, e agora não lembro mais dos detalhes. Mas lembro muito bem que o passeio valeu a pena, eu adorei o lugar.

Stairway to Heaven :-p

Anúncios

E a China hein?

Quanta vontade de escrever, mas cada vez que começo, algo me interrompe e perco o “fio da meada”.

Falar daquilo que se espera ver na China foi fácil. Difícil é contar sobre as sensações e as impressões que se tem quando encontra algo que te surpreende.

Todo mundo imagina um pouco como é a muralha, mas só estando lá pra perceber como ela é gigante mesmo!

Vou escrever aqui sem nenhuma ordem do que fiz ou conheci lá. Já faz algum tempo da viagem, mas cada vez que vejo uma foto, eu volto um pouquinho no tempo.

Alguém sabe qual o mais bonito?

O pôr do sol me fascina e até uma tag para isto eu tenho aqui no blog. É um momento especial do dia, que faz com que muitas vezes a gente fique ali paradinho só observando sem se preocupar com mais nada. Praticamente um momento de hipnose.

Claro que não é só o sol a “estrela da festa”. O céu que muda de cor, o lugar onde tu está ou onde ele vai se esconder também são pontos fundamentais.

Sempre tive muita vontade de ver o sol se pondo no mar e sempre vinha o Pacífico na minha cabeça. A primeira vez sabe onde foi? Ilha de Páscoa! Achei aquele o mais lindo do mundo!

Gosto desta foto por mostrar 3 altares bem pertinho

O tempo passa, a gente viaja um pouco mais e se depara com outros que passam a ser os mais bonitos… sim, eu já senti isso várias vezes. Claro que o estado de espírito e as companhias fazem diferença. Este ano tive quase uma overdose de pôr do sol na viagem a Bali, mas em nenhum momento deixei de curtir cada momento.

Acho que qualquer pessoa que goste de tirar fotos tem um milhão delas de pôr do sol em diversos lugares. Brincando com algumas fotos essa semana, não podia deixar de lado uma de pôr do sol… a escolhida foi essa aí embaixo, em Gili.

Dá pra ver na minha cara a felicidade, né?

Moro numa cidade quem tem o pôr do sol como cartão postal. Porto Alegre adora exaltar a beleza do seu pôr do sol no Guaíba que conforme a época do ano deixa o céu com cores bem diferentes. Olhando as fotos abaixo tem como negar que realmente ele é um show? (essas fotos não foram editadas)

Tá pegando fogo

Na terra dos gremistas e colorados, o céu mistura azul e vermelho

Agora clica aqui e vai ver os outros que já assisti (espetáculo a gente assiste, não?).

A Praia do Espelho

Um oásis em meio ao agito de Porto Seguro. Tendo como único acesso uma estrada de terra, não é tão fácil chegar lá. Num dia de chuva, melhor nem tentar ir por conta própria.

Vontade de descer correndo

Vontade de descer correndo

A chegada, no topo de uma falésia (a região é toda assim), nos dá de cara uma visão privilegiada de toda a extensão da praia. Esta pequena faixa de areia delimitada pelo grandes paredões e pelo mar tem algumas pousadas e restaurantes onde tu podes deixar teu dia ainda mais deliciosos com caipirinhas das mais variadas frutas ou uma moqueca baiana tradicional.

O mar claro e calmo quase como uma piscina é um convite constante para um mergulho demorado. Lá, bem no canto direito, eu vi algumas tartarugas nadando nas marolinhas 😉 muito fofo!

Pra quem quiser estender a permanência, além das pousadas na beira da praia, existem algumas no topo da falésia, num pequeno condomínio muito charmoso.

Consegue ver uma arara na árvore?

Consegue ver uma arara na árvore?

Enquanto isso…

É, eu tenho demorado pra colocar novos posts e sei que isso é falta grave, vocês podem perder o interesse pelo meu blog… mas por enquanto, sugiro que vocês olhem os blogs que ficam ali do lado, nos Blogs que eu leio de vez em quando.

No dia 09/09 eu coloquei alguns e escrevi aqui com descrição e coisa e tal… depois fui colocando mais uns e hoje, 11/11,  estou atualizando mais uma vez. Clica aí:

  • Surf & Fun – surf, diversão e outros assuntos de alta importância para uma melhor qualidade de vida em tempos modernos
  • Papo de Moda – Editora de Moda do jornal Zero Hora, Paola Deodoro divide com os leitores suas impressões sobre as notícias do mundo fashion.
  • Farrapo – o blog do Melão – Leia aqui todas as farpas do Melão, que agora está um verdadeiro Farrapo.
  • ida&volta – Jornalista, editora no Último Segundo e viajante nas horas vagas. É gaúcha, mas nasceu em São Paulo, para onde voltou em 2009 após 30 anos vivendo em Porto Alegre. Em ida&volta, além de dicas e relatos de viagens, divide impressões e descobertas de uma recente moradora de Sampa.
  • Destemperados – Nós não somos especialistas em nada. Não sabemos cozinhar muito bem e nem conseguimos distinguir direito o orégano da manjerona. A nossa praia é comer e beber bem, em qualquer lugar. This blog is all about it.
  • Viaje na Viagem – por Ricardo Freire (o blog não tem descrição, mas poderia ser: escrito por um turista profissional)